Quando os cirurgiões devem se preparar para sair de cena?

  • 18/04/2024
(Foto: Reprodução)
Nos Estados Unidos, ganha corpo a discussão sobre o risco que representa o declínio das habilidades motoras e cognitivas quando esses profissionais envelhecem. O Colégio Americano de Cirurgiões (ACS em inglês) se encontra às voltas com uma questão delicada: assim como o restante da população, o contingente de profissionais de saúde está envelhecendo. Mais de 40% dos médicos norte-americanos terão 65 anos ou mais dentro de uma década e, no caso dos cirurgiões, não há uma orientação padronizada sobre como medir se suas habilidades não foram impactadas com o passar do tempo. Diferentemente de outras especialidades, trata-se de um campo de atuação que demanda não apenas aptidão mental, mas também destreza física. Mais de 40% dos médicos norte-americanos terão 65 anos ou mais dentro de uma década e, no caso dos cirurgiões, não há uma orientação padronizada sobre como medir se suas habilidades não foram impactadas com o passar do tempo Engin_Akyurt para Pixabay Estudo publicado na revista científica da entidade busca respostas para a longevidade desses profissionais da saúde. Embora existam recomendações sobre a necessidade de criar um período de transição para cirurgiões mais velhos deixarem o bisturi, e da aplicação de uma avaliação cognitiva a partir dos 65 anos, a forma sobre como encaminhar tais assuntos ainda não está clara. “Pesquisas mostram que as habilidades motoras e cognitivas tendem a declinar com a idade, o que pode levar o desempenho de um cirurgião a um nível abaixo do aceitável”, afirmou o principal autor do estudo, Todd Rosengart, professor do Baylor College of Medicine, no Texas. Os sinais de alerta mais evidentes são esquecimentos frequentes, atrasos e ausências sem explicação, avaliações clínicas inadequadas, mudanças na aparência e de personalidade e estados de perturbação. O setor aéreo, por exemplo, trabalha com orientações rigorosas para evitar um erro de julgamento do piloto, que incluem exames anuais e até aposentadoria compulsória. Países como Índia, China, Espanha e Austrália já estabeleceram uma idade limite para a atuação dos cirurgiões. “Não é o que recomendamos, mas precisamos definir uma estratégia que dê suporte aos profissionais, como um plano de transição de longo prazo, que pode começar na meia-idade e garantir sua atividade por tempo indeterminado”, completou Rosengart. Para Adam Kopelan, coautor do estudo, é fundamental que os cirurgiões se envolvam: “temos que focar na avaliação das competências ao longo da carreira, para que o centro da discussão não se limite ao gatilho da idade”. Apesar da existência de trabalhos apontando a correlação entre o envelhecimento dos médicos com piores resultados para os pacientes, outras pesquisas mostram que a experiência acumulada dos profissionais maduros tem um valor inestimável. A principal questão é se o cirurgião é capaz, por conta própria, de reconhecer a deterioração de suas habilidades. A polêmica só começou. Veja também: VÍDEO: idosos são homenageados por meio de histórias Idosos são homenageados por meio de histórias

FONTE: https://g1.globo.com/bemestar/blog/longevidade-modo-de-usar/post/2024/04/18/quando-os-cirurgioes-devem-se-preparar-para-sair-de-cena.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

peça sua música pelo whatsapp

Top 10

top1
1. Coração Cigano

Luan Santana feat Luísa Sonza

top2
2. Cold Heart (PNAU Remix)

Elton John, Dua Lipa

top3
3. As It Was

Harry Styles

top4
4. Sinônimos

Chitãozinho & Xororó, Ana Castela

top5
5. My Universe

Coldplay · BTS

top6
6. Deep Down

Alok · Ella Eyre · Kenny Dope · Never Dull

top7
7. Anti-Hero

Taylor Swift

top8
8. Haja Colírio

Guilherme e Benuto feat Hugo & Guilherme

top9
9. Pode Parar

Alexandre Pires (part. Jorge)

top10
10. Gusttavo Lima

Desejo Imortal (Ao vivo no Mineirão)


Anunciantes